O que é Liderança Ágil?

25/08/2021
4 min de leitura

Você sabia que liderança ágil pode trazer maior credibilidade para seu trabalho? Essa prática tem sido aliada no sucesso de diferentes profissionais.

Pensando nisso, nós da K21 preparamos um material imperdível que pode auxiliar na sua jornada profissional, garantindo assim destaque e maior valorização diante do cenário atual das lideranças.

Quer saber mais sobre liderança ágil e se destacar no mercado de trabalho de um modo inovador? Acompanhe este texto e aprenda com ele! 

As diferenças entre uma liderança tradicional e uma liderança ágil

Para começarmos nosso papo sobre liderança ágil, precisamos analisar como o mercado de trabalho tem se comportado atualmente em relação aos profissionais. 

Se no surgimento dos cargos de liderança a principal função dessas pessoas era chefiar e administrar com olhos de águia a produção, atualmente isso já não funciona mais. 

Frederick Taylor, considerado o pai da Administração Científica do trabalho, falava em “saber exatamente o que você quer que os homens façam e garantir que façam da melhor e mais barata forma”.

Aos moldes tradicionais, um líder agir com distanciamento, impondo regras e parâmetros sem envolvimento com seu grupo, pode acabar incentivando a competição e criando um clima nada profissional.

A verdade é que o mercado mudou e hoje a capacidade de colaboração é uma peça fundamental para criar novos produtos e serviços, mas também para tornar a empresa atrativa para profissionais qualificados.

Assim como abordado no episódio 76 do Podcast Love The Problem, o projeto de liderança construído no século passado ficou para trás, mas criou uma crise dentro do mercado de trabalho que precisa ser superada. 

A prática da liderança ágil que temos hoje visa a oferecer os melhores métodos para que o crescimento das equipes traga resultados para a empresa, auxiliando assim na transformação das pessoas.

Logo, essa atuação ágil está relacionada diretamente com praticidade, acolhimento, valorização dos profissionais e formação contínua

Desse modo, as diferenças entre um líder ágil x líder chefe precisam ser resgatadas a todo momento para que os setores das empresas possam oferecer bons retornos para seus funcionários. 

Conheça agora as 5 características presentes em uma liderança ágil! 

5 características de uma liderança ágil

Agora que você conheceu brevemente sobre as diferenças práticas de liderança, da tradicional à ágil, aproveite os pontos abordados a seguir e continue investindo na sua formação para se tornar uma liderança ágil. 

Abertura à experimentação 

Uma liderança ágil precisa estar sempre aberta às transformações que possam ocorrer no meio corporativo, buscando cada vez mais inserir novos processos que facilitem o trabalho das equipes. 

Logo, a experimentação pode ser aliada no desenvolvimento de novos produtos ou ainda formatos para facilitar a melhoria nas entregas. 

Estimula o trabalho colaborativo

O trabalho colaborativo é algo fundamental para a construção de uma liderança ágil, já que esse método tem garantido maior envolvimento das equipes, proporcionando assim resultados mais certeiros.

E esse envolvimento em todas as etapas colabora para que as pessoas de sua equipe se sintam confortáveis em opinar e trazer acréscimos que podem estimular avanços.

Além disso, isso estimula o crescimento individual. Empresas em que as pessoas colaboram entre departamentos diferentes permitem que essas pessoas ganhem novos conhecimento e habilidades.

Invista na participação de todas as pessoas, deliberando funções e reconhecendo os profissionais que atuam em seu setor, sem que as hierarquias atrapalhem o relacionamento interno.

Preza pela melhoria contínua

As lideranças ágeis prezam cotidianamente pela melhoria do trabalho, das funções e dos processos, visando garantir melhores resultados a médio e longo prazo.

Aprender não é mais apenas um momento de investimento. Aprender agora faz parte do trabalho. Novas descobertas e novas soluções são criadas todos os dias e os melhores times tiram vantagem disso.

Segundo Peter Drucker, “informação é o que permite que os trabalhadores do conhecimento realizem seu trabalho.”

Por isso, optar por uma estratégia que vá na contramão dos métodos tradicionais de trabalho pode facilitar as melhorias. 

A liderança ágil vai procurar investimentos para formação de seus colaboradores, criar oportunidades de aprendizados dentro da companhia, maior aproveitamento dos sistemas de operação e também solicitar feedbacks para que os processos sejam sempre os melhores possíveis. 

Promove consciência nas pessoas do time

A confiança será aliada na gestão da liderança ágil, já que com ela será possível promover maior consciência em seus colaboradores. 

Afinal, ao reconhecer que seus parceiros de jornada no trabalho estarão aptos para desenvolver tarefas e construir projetos, essa consciência coletiva será aliada para tomada de decisões e mudanças no decorrer dos projetos. 

Em uma equipe que sabe quais são suas capacidades, torna-se mais facilitado o processo para entregar o melhor aos clientes. 

Realiza priorização e conexão estratégicas

A partir da priorização estratégia, uma liderança ágil vai compreender os momentos de dar um passo à frente em seus trabalhos, sempre com muita atenção e organização. 

Assim, levar em conta o que é necessário ser feito para atingir o sucesso da equipe começa de modo estratégico, buscando analisar quais são os caminhos a serem seguidos. 

O foco será necessário para entregar aos clientes os melhores serviços, além de evitar que a equipe seja sobrecarregada sem necessidade. 

Porém, precisamos separar priorização estratégica de “conexão estratégica”, que também é tão importante quanto.

Um líder conecta seu time à estratégia da companhia, não deixando o time se desconectar ou construir coisas que fogem do objetivo atual da empresa.

É assim que a liderança ágil otimiza a sinergia conectando com os demais departamentos.

Soft Skill de liderança é uma das mais valorizadas

As habilidades de cada colaborador têm sido cada vez mais importantes para que uma empresa alcance sucesso e credibilidade no mercado.

Soft Skills são competências que envolvem trabalho em grupo, comunicação mais direta e acolhedora, bem como a adaptação para eventuais mudanças no trabalho. E a liderança é vista como fundamental para essas conquistas.

Desenvolver Soft Skills no seu espaço de trabalho pode ser benéfico para quem busca inovar, aprender e, principalmente, se tornar um líder. 

É através delas que você vai se destacar e construir um ambiente seguro para compreender as reais necessidades e qualidades de cada colaborador. 

E cada vez mais as empresas estão procurando destacar as habilidades de seus colaboradores. Se você quer ser um líder ágil precisa conhecer principalmente sobre educação corporativa. Já pensou nisso?

Escrito por K21

Transformar pessoas e organizações ao redor do mundo é o que nos move. Mais do que ferramentas e métodos, promovemos uma nova cultura, onde negócios e pessoas entregam valor continuamente, experimentando, aprendendo e melhorando diariamente.

Compartilhar

    Cadastre-se para receber nossos insights no seu email

    Ao continuar você concorda com a Política de Privacidade
    da K21. Você poderá cancelar o recebimento quando quiser.