5 soft skills que você precisa desenvolver

26/07/2021
5 min de leitura

O conceito de soft skills tem aparecido cada vez mais no cenário do mercado de trabalho. Com um quadro cada vez mais competitivo, as empresas têm valorizado as competências que estão além da técnica e da experiência.

A cultura ágil mostra que, mais do que métodos e frameworks, a Agilidade transforma nossa forma de pensar, de agir, de trabalhar. Por isso, conhecimentos em Agilidade são tão valorizados no mercado e se conectam diretamente ao desenvolvimento de habilidades interpessoais.

As soft skills envolvem diversas habilidades, tanto ligadas ao subjetivo quanto às relações interpessoais que o colaborador tem dentro da organização. A seguir, confira o que são, de fato, as soft skills, e por que elas são tão valorizadas pelo mercado de trabalho, além de dicas de como desenvolvê-las.

O que são soft skills

As soft skills são as habilidades que estão além das competências técnicas.

Ou seja, são fatores como: 

  • capacidade de trabalhar em grupo;
  • comunicação aberta e assertiva com a equipe;
  • flexibilidade para se adaptar a diversos cenários.

As hard skills dizem respeito ao técnico, como a capacidade de executar tarefas, o nível de competência em certo programa computacional, a proficiência em um idioma etc. Já as soft skills são bem mais subjetivas e se referem ao fator comportamental, emocional e de personalidade dos profissionais.

Enquanto as hard skills são habilidades adquiridas a partir do ensino formal, como cursos de graduação ou profissionalizantes, as soft skills são as competências sociais e emocionais que as pessoas vão conquistando a partir de experiências pessoais e em relações com outros indivíduos ao longo da vida.

Por que soft skills são valorizadas no mercado?

As soft skills têm sido cada vez mais valorizadas no mercado de trabalho pois, nesse cenário extremamente competitivo, todo diferencial conta. Os profissionais dos Recursos Humanos passaram a perceber que não basta analisar as hard skills que um indivíduo tem a oferecer. É essencial traçar suas habilidades sociais e comportamentais também.

Grande parte dos projetos desenvolvidos atualmente são colaborativos. Sendo assim, o resultado será uma consequência das interações de um grupo de pessoas em vez da soma do trabalho de cada uma.

Não basta que o colaborador tenha os requisitos técnicos para fazer o que lhe foi designado. É preciso que o profissional também tenha habilidades sociais, como capacidade de trabalhar em grupo, de se adaptar frente a novos desafios e até mesmo de saber liderar um time de forma eficaz.

Quais são as soft skills mais importantes?

Antes de tudo, é preciso entender que não é suficiente ser talentoso apenas em uma soft skill. O ideal é se esforçar para combinar habilidades complementares.

São várias as aptidões a serem conquistadas, o que pode deixar o leque de opções tão grande que você acaba sem se aprofundar em nenhuma delas. Além disso, algumas soft skills podem se apresentar ultrapassadas em pouco tempo.

Por isso, é importante saber priorizar em quais habilidades você deve focar o seu desenvolvimento, escolha as que estão mais alinhadas ao seu propósito profissional e se aprofunde.

É interessante se empenhar nas chamadas competências do futuro e em habilidades que se mostrarão realmente úteis.

Confira uma lista das 15 soft skills que estarão em alta até 2025, segundo um relatório do Fórum Econômico Mundial.

  1.  Pensamento analítico e inovação
  2. Aprendizagem ativa e estratégias de aprendizado
  3.  Resolução de problemas
  4.  Pensamento crítico
  5.  Criatividade
  6.  Liderança
  7.  Uso, monitoramento e controle de tecnologias
  8.  Programação
  9.  Resiliência, tolerância ao estresse e flexibilidade
  10.  Raciocínio lógico
  11.  Inteligência emocional
  12.  Experiência do usuário
  13.  Ser orientado a servir o cliente (foco no cliente)
  14. Análise e avaliação de sistemas
  15.  Persuasão e negociação

Como desenvolver 5 importantes soft skills

Enquanto as hard skills são desenvolvidas a partir de cursos específicos, as soft skills são um pouco mais complexas. Afinal, como falamos do subjetivo, do comportamental e da personalidade de cada um, é difícil até mesmo medir essas habilidades. Por exemplo, como mensurar o quão comunicativo é alguém?

Apesar de complexas,  a partir de treinamentos que focam na gestão de pessoas é possível desenvolvê-las. Veja dicas de como aprimorar ou desenvolver 5 delas.

1. Aprendizagem ativa

A primeira soft skill que pode ser desenvolvida é justamente uma metodologia de ensino. Em vez de ser aquele método tradicional que “o professor ensina e o estudante aprende”, de maneira passiva, na aprendizagem ativa é o aluno que é o próprio responsável pela sua aprendizagem.

Soft Skills - aprendizagem ativa

Para desenvolver essa habilidade de ser um aluno ativo, a dica é se manter participativo nos cursos e não ter medo de fazer questionamentos acerca do conteúdo. É essencial que o próprio profissional busque se aprimorar de maneira proativa.

2. Liderança

Saber ser líder também é uma soft skill muito valorizada, sobretudo por empresas que priorizam o trabalho em equipe. Mas ao contrário do que muitos pensam, liderar é diferente de ser um chefe que dita ordens. 

Aqui, é importante desenvolver competências como: 

  • capacidade de tomar decisões rapidamente;
  • se comunicar de forma clara;
  • entender quais são as necessidades e melhores qualidades de cada pessoa da sua equipe de trabalho.

3. Flexibilidade

Principalmente no cenário instável em que vivemos, onde tudo acontece e muda muito rápido, é essencial ser um profissional flexível.

Para isso, é preciso exercitar possibilidades e soluções para situações variadas, e manter a mente aberta para as adversidades que podem surgir.

4. Inteligência emocional

A inteligência emocional diz respeito à habilidade que temos em relação às nossas próprias emoções e à emoção dos outros.

A dica para desenvolver essa soft skill é o fator empatia. Ou seja, tentar se colocar sempre no lugar do outro em uma postura sem julgamentos. Isso evita que aconteçam atritos dentro da equipe e mantém os colaboradores mais unidos por um objetivo em comum.

No entanto, para esse tópico também é importante entender os seus limites e saber quando você deve dizer não para alguma situação. Daí o conceito da empatia assertiva, que é uma forma eficaz de liderar através da orientação, além do feedback. O caráter de orientação tem mais sentido na medida em que é aplicado com base na empatia.

5. Foco no cliente

Também conhecido como Experiência do Cliente, essa habilidade tem se tornado cada vez mais importante para o mercado. Trata-se de dar atenção para os consumidores, e não somente se tratando de números e lucratividade. É importante ouvi-los e manter uma postura aberta a feedbacks e sugestões de melhorias.

Para desenvolver essa soft skill, a dica é se dedicar à gestão de qualidade e dar foco ao fator humano dos clientes, além de analisar seu comportamento para entender seus reais desejos e necessidades. 

Portanto, como você viu, as soft skills têm se mostrado essenciais para o mercado de trabalho atual. São importantes para uma gestão de pessoas eficaz e para reter profissionais qualificados que entregam resultados positivos para as empresas.

Desenvolva essas e outras soft skills

Os treinamentos K21 são conhecidos por misturarem teoria e prática, com foco no desenvolvimento real dos alunos. Participe das nossas formações e desenvolva novas habilidades valorizadas no mercado de trabalho. Confira as próximas turmas e escolha a sua!

Escrito por K21

Transformar pessoas e organizações ao redor do mundo é o que nos move. Mais do que ferramentas e métodos, promovemos uma nova cultura, onde negócios e pessoas entregam valor continuamente, experimentando, aprendendo e melhorando diariamente.

Compartilhar

    Cadastre-se para receber nossos insights no seu email

    Ao continuar você concorda com a Política de Privacidade
    da K21. Você poderá cancelar o recebimento quando quiser.